Análise do Chroma Squad

07/05/2015 23:27 por Leandro Alves
Categorias       

Chroma Squad é um RPG tático bem fora do convencional, afinal nele você gerencia um estúdio de TV que produz um seriado de super sentai, o que é bem raro de se ver num jogo. Além disso ele não é nem um pouco sério, cheio de piadas com o roteiro cheio de absurdos e com as improvisações presentes nos programas de super sentai.

O jogo foi desenvolvido pela Behold Studios, que é um estúdio brasileiro que também lançou o elogiado Knights of Pen & Paper.

A história mostra um grupo de cinco dublês que cansados de trabalhar num grande estúdio, resolvem abrir o seu próprio. É curioso pois não deixa de ser um paralelo com a história de qualquer estúdio independente, seja ele de televisão ou mesmo de games.

Screenshot do Chroma Squad

Screenshot do Chroma Squad

Screenshot do Chroma Squad

Screenshot do Chroma Squad

Como era de se esperar no começo o orçamento é bem limitado, e para garantir que o jeito é improvisar na hora de criar as fantasias dos personagens. Assim um balde pode virar um capacete, e papelão pode ser usado para criar uma armadura.

Cada fase é um episódio com direito ao seu próprio inimigo e cenário, seu principal objetivo é conseguir mais fãs e com isso mais dinheiro. Para aumentar a audiência você deve cumprir os objetivos da fase, e também abusar dos ataques combinados com dois ou mais integrantes da sua equipe.

As batalhas seguem o estilo do que vemos em outros RPGs táticos, são em turnos e seus personagens podem se movimentar numa distância limitada. Cada personagem tem uma habilidade especial como espada, pistola e até um poder de cura que se chama healdouken!

Os gráficos são estilo 8 bits e a música chiptune, o que garante um tom nostálgico ao jogo e faz lembrar dos super sentais que a gente assistia quando era criança. A música é bem legal, e cheia de referências a algumas séries famosas.

Screenshot do Chroma Squad

Screenshot do Chroma Squad

Screenshot do Chroma Squad

Screenshot do Chroma Squad

Se antes de ser lançado o Chroma Squad se destava pela ideia original, agora ele pode ser reconhecido como sendo um ótimo jogo. Ele é jogo obrigatório para quem curte RPG tático ou é fã de Super Sentais, mas mesmo que você não curta nada disso vale a pena jogar.

Joguei o Chroma Squad na versão para PC, mas ele também está disponível para Mac e Linux, apenas em versão digital. A cópia que utilizei para fazer essa análise foi cedida pela Splitplay.

Receba mais sobre "Análise do Chroma Squad" e outros assuntos interessantes gratuitamente no seu e-mail.
Não se esqueça de confirmar seu cadastro, basta clicar no link que será enviado para seu e-mail.
Ou se preferir você pode receber por RSS ou pelo Twitter.


Compartilhe:



Leia também: