PSP é o console mais vendido no Japão em 2010, veja a lista completa dos consoles e jogos mais vendidos

02/01/2011 10:47 por Leandro Alves
Categorias                     

Mais um ano se passou e a lista dos consoles mais vendidos no Japão segundo a ASCII não tem grandes surpresas, e mostra o PSP e Nintendo DS praticamente empatados no primeiro lugar. E também vale destacar que o Playstation 3 teve uma grande ascenção em 2010 e chegou próximo ao Wii, mas não foi dessa vez que ele conseguiu passar.



01 - PSP - 2.729.718
02 - Nintendo DS - 2.719.544
03 - Wii - 1.592.563
04 - Playstation 3 - 1.542.258
05 - Xbox 360 - 231.258
06 - Playstation 2 - 83.030

E a seguir temos a lista dos 10 jogos mais vendidos no Japão em 2010, não chega a ser nenhuma surpresa que o primeiro lugar esteja com o Pokemon Black e Pokemon White, afinal eles têm presença garantida em qualquer lista de jogos mais vendidos. Em segundi lugar temos o Monster Hunter Portable 3rd, que é outra série muito popular no Japão e que com certeza deu uma grande força para aumentar a venda de PSPs em 2010.

01 - Pokemon Black/Pokemon White - Nintendo DS - 4.734.064
02 - Monster Hunter Portable 3rd - PSP - 3.163.750
03 - New Super Mario Bros. Wii - Wii - 1.692.401
04 - Wii Party - Wii - 1.385.541
05 - Dragon Quest VI - Nintendo DS - 1.354.841
06 - Dragon Quest Monsters Joker 2 - Nintendo DS - 1.305.750
07 - Tomodachi Collection - Nintendo DS - 1.112.298
08 - Super Mario Galaxy 2 - Wii - 931.534
09 - Inazuma Eleven 3 Spark/Bomber - Nintendo DS - 930.580
10 - Kingdom Hearts: Birth by Sleep - PSP - 844.980

Uma curiosidade é que o New Super Mario Bros. Wii foi lançado em 2009 e mesmo assim conseguiu vender muito bem em 2010, e ficou na frente do Super Mario Galaxy 2, mostrando mais uma vez que os japoneses adoram jogos em 2D com o Mario.
Receba mais sobre "PSP é o console mais vendido no Japão em 2010, veja a lista completa dos consoles e jogos mais vendidos" e outros assuntos interessantes gratuitamente no seu e-mail.
Não se esqueça de confirmar seu cadastro, basta clicar no link que será enviado para seu e-mail.
Ou se preferir você pode receber por RSS ou pelo Twitter.


Compartilhe a notícia: