10 coisas mais irritantes no mercado de jogos em 2008

31/12/2008 05:18 por Leandro Alves
Categorias     

Assim como no ano passado fiz uma lista com as 10 coisas que mais me irritaram no mercado de jogos, e que com certeza também irritam muita gente. A lista não está em nenhuma ordem específica, e infelizmente muitos problemas são os mesmos do ano passado.

Playstation 3 ainda não decolou
Depois de muito tempo em primeiro a Sony está amargurando o último lugar nessa geração com o Playstation 3, apesar de ter feito um excelente console ela errou feio no preço. E historicamente falando nenhum console de US$ 600 conseguiu fazer muito sucesso, mesmo sendo muito mais poderosos que os seus concorrentes, afinal foi assim que aconteceu com o 3DO e Neo Geo por exemplo.
Apesar do preço ter baixado bastante desde o lançamento ele ainda continua muito mais caro que o Wii e o Xbox 360, e na prática além do Bluray ele não consegue ter nenhuma grande vantagem em relação ao Xbox 360, inclusive a maioria dos jogos dos dois é quase idêntica.

Jogos ruins no Wii
É meio que uma maldição que o console mais vendido receba muitos jogos ruins, foi isso que aconteceu com o Playstation e playstation 2 por exemplo, mas o grande problema é que os produtores lançam jogos as pressas e sem nenhum capricho para o Wii e depois reclamam que não conseguem vender muito.
Em 2008 os donos de Wii tiveram o desprazer de jogar verdadeiras bombas como:

- All Star Cheer Squad
- Emergency Heroes
- Imagine: Party Babyz
- London Taxi: Rushour
- Ninja Reflex

Tudo bem que o Wii é muito mais fraco que o Playstation 3 e o Xbox 360, mas alguns jogos que ele recebe são tão ruins que poderiam ter saído para o Dreamcast.

Novos Master System, Mega Drive e Dynavision
Publiquei isso no ano passado também, mas não tenho culpa que em 2008 também saíram novos modelos do Master System, Mega Drive e Dynavision, preciso falar alguma coisa? E o pior é que mesmo sendo consoles muito antigos eles custam caro.
A única evolução foi o anúncio do Zeeboo pela TecToy que mesmo sendo praticamente um celular que é ligado na TV não deixa de ser uma enorme evolução em relação ao consoles de 8 e 16 bits, mas ele só vai sair mais no final de 2009 e enquanto isso ainda dá tempo de lançar mais um novo Mega Drive e Master System.

Wii com pouca memória
Os 512 MB de memória de armazenamento do Wii é muito pouco espaço, mas na época em que eles só eram usados para saves e jogos do Virtual Console isso não chegava a ser um grande problema. Mas com o lançamento do Wiiware a situação se complicou, afinal alguns jogos são bem grandes e com isso boa parte dos donos de Wii praticamente não têm espaço livre.

Mercado Brasileiro continua na mesma
Em 2007 eu tinha reclamado que apesar do dólar ter baixado o preço dos consoles não acompanhou, mas agora em 2008 o dólar subiu bastante e dai os preços subiram junto tornando os preços ainda mais proibitivos.

E mesmo os jogos e consoles que foram lançados por aqui é muito raro ver alguma propaganda seja em jornal, revista, outdoor ou TV. Com isso o mercado fica muito restrito afinal a maioria dos Brasileiros nem está familiarizado com os consoles da nova geração.

Pirataria no PC
Todo mundo sabe que sempre existiu pirataria no PC, desde os anos 80 quando era comum copiar disquetes de jogos dos amigos, mas ultimamente as produtoras resolveram culpar a pirataria do PC por seus prejuízos.
Várias empresas deixaram de lançar jogos para PC por causa dessa desculpa, inclusive a Epic Games disse que o Gears of War 2 não iria sair para PC e seria exclusivo do Xbox 360 por causa da pirataria, e ironicamente o jogo saiu uma semana antes de seu lançamento em sites de torrent.
Outro efeito colateral são as proteções DRM cada vez mais pesadas, como por exemplo o do Spore, que com isso acabam afastando mais o público.

O fim dos fliperamas
Já faz tempo que os fliperamas estão agonizando no mundo todo, mas em 2008 a situação piorou muito afinal mesmo um mega lançamento como o Street Fighter IV acabou ficando restrito apenas ao Japão.
E infelizmente não vejo muitas chances da situação melhorar em 2009, afinal hoje em dia qualquer console ou PC e tão poderoso quanto uma máquina de fliperama.

Download de conteúdo
O download de conteúdo extra para jogos é uma das novidades mais marcantes da geração atual, tanto o Xbox 360, Playstation 3 e Wii possuem essa característica em vários jogos.
Mas parece que cada vez mais os fabricantes lançam os jogos sem nenhum extra só para conseguir vender conteúdo extra depois, ou seja pagamos duas vezes para ter o jogo completo.

Nintendo DSi não chega a empolgar
depois de vender DS para em cada 10 Japoneses a Nintendo precisava lançar uma nova versão do DS para manter o ritmo das vendas, o problema é que o DSi não é muito interessante. Ele têm as telas um pouco maiores, web browser, jogos vendidos por download e slot para cartão SD. Em compensação é mais caro, não é compatível com os flashcards atuais, vêm com duas câmeras de pouca qualidade e não têm slot para cartuchos de Gameboy Advance, ou seja não é compatível nem com os jogos de Gameboy Advance nem com os acessórios de DS como a Guitar Grip que é usado no Guitar Hero.
Por essas e outras ele têm tudo para ser o Gameboy Micro dessa geração.

Preços das TVs de alta definição caíram bastante mas continuam caras
Para quem têm um Xbox 360 ou Playstation 3 é praticamente obrigatório ter uma televisão de alta definição, inclusive em alguns jogos como Dead Rising é impossível ler os textos numa TV convencional, mas infelizmente mesmo com as quedas de preço que as TVs de alta definição tiveram em 2008 elas ainda continuam caras. Mas felizmente o preço está está cada vez mais acessível, e espero conseguir comprar uma ainda esse ano.

Problemas não faltam, mas vamos pensar positivo e torcer que em 2009 as coisas melhorem! Mas aposto que assim como aconteceu no ano passado menos metade dos problemas que estão na lista vão continuar em 2009.
Receba mais sobre "10 coisas mais irritantes no mercado de jogos em 2008" e outros assuntos interessantes gratuitamente no seu e-mail.
Não se esqueça de confirmar seu cadastro, basta clicar no link que será enviado para seu e-mail.
Ou se preferir você pode receber por RSS ou pelo Twitter.


Compartilhe:



Leia também: