Conferência da Bethesda E3 2019

13/06/2019 15:44 por Heber da Silva Moreira
Categorias      

Bethesda na E3 2019

A conferência da Bethesda começou apresentando os funcionários dos estúdios da Zenimax (que inclui a Bethesda, criadora de Elder Scrolls e Fallout, a Arkane, criadora de Dishonored, entre outros estúdios pertencentes à holding) e games como Skyrim, Doom, Fallout 76 e outros.

O produtor executivo da Bethesda, Todd Howard, começou anunciando novidades para Elder Scrolls Blades (jogo mobile free para Android e iOS), como um novo sistema de fabricação de jóias, novas profissões, batalhas de arena e um novo conjunto de missões relacionado a dragões, além do lançamento do jogo para o Switch ainda esse ano (outono americano), permitindo jogar no celular/tablet e continuar no Switch e vice-versa.

The Elder Scrolls: Blades

Para Fallout 76 foi anunciado uma nova expansão (também de graça, como as demais já existentes para quem possui o jogo) ainda pra esse ano, chamada Wastelanders (em inglês), onde NPCs (sigla para personagens não-jogáveis, em inglês) humanos irão aparecer pela primeira vez no jogo, além de novas armas, equipamentos e um novo conjunto de missões, que irão ter escolhas e consequências, como acontece nos jogos anteriores da franquia. Foi anunciado também um novo modo de jogo, chamado Inverno Nuclear, que será um Battle Royale com até 52 jogadores , além de habilidades exclusivas para o personagem.

Em seguida o fundador da Tango Gameworks (outro estúdio da Zenimax), Shinji Mikami (diretor de franquias conhecidas como Resident Evil e mais recentemente, The Evil Within), anunciou o próximo jogo do estúdio chamado Ghost Wire Tokyo, um jogo de ação e aventura onde pessoas começam a desaparecer em Tóquio e o protagonista precisa investigar o que está causando isso na cidade.

Elder Scrolls Online foi o jogo seguinte a ser apresentado, com a nova expansão lançada nesse mês chamada Elsweyr (a terra natal dos Khajiit, um raça de felinos do universo de Elder Scrolls), que possui uma nova classe (Necromante), além da volta dos dragões presentes no jogo anterior da franquia, Skyrim.

Além disso, a Zenimax apresentou seu próximo jogo mobile da série Commander Keen, uma franquia de jogos de plataforma da iD (outro estúdio da Zenimax, que desenvolveu Doom e Quake) que começou na década de 90 com um jogo lançado para MS-DOS. O jogo já está disponível para pré-registro no site gokeen.com.

Commander Keen

Foi também anunciada uma nova expansão (Moons of Elsweyr) para Elder Scrolls Legends, jogo de cards para PC, Mac e mobile (iOS/Android). A expansão estará disponível no dia 27 desse mês.

Rage 2, outro jogo da iD desenvolvido em conjunto com a Avalanche Studios (criadora da série Just Cause), terá uma nova expansão ainda neste ano chamada Rise of the Ghosts (em inglês), além de atualizações no jogo como novas armas, inimigos e máquinas pilotáveis (mechs).

Machine Games, outro estúdio da Zenimax, apresentou o próximo Wolfenstein para VR (virtual reality), chamado Wolfenstein Cyberpilot, que estará disponível no mês que vem para Windows (já disponível no Steam para pré-venda), precisando possuir os headsets HTC Vive ou Windows Mixed Reality.

Wolfenstein: Cyberpilot

Wolfenstein Youngblood, da Machine Games e Arkane, foi também anunciado para o Playstation 4, Xbox One, Nintendo Switch e PC para 26 de julho. O jogo permite jogar junto com outro jogador ou sozinho, sendo que a estória se passa 19 anos após os eventos de Wolfenstein II.

Wolfenstein Youngblood

O estúdio da Arkane Lyon apresentou seu próximo jogo chamado Deathloop, onde dois protagonistas do jogo lutam contra si, e segundo o trailer apresentando eles vão poder voltar no tempo após morrer, permitindo assim uma abordagem diferente para derrotar o outro, assim como em Dishonored onde você pode terminar uma missão de várias formas.

Foi apresentado também uma nova engine para streaming de games chamada Orion, que irá possibilitar um streaming mais rápido por frame, mesmo com Internet “ruim” (só testando para crer rsrs). Para demonstrar foi exibido o streaming de Doom (2016) para um celular conectado num controle do Xbox.

Para fechar a conferência da melhor maneira, foi apresentado o gameplay de Doom Eternal, exibindo o velho e bom combate frenético das versões anteriores, com trilha sonora pesada, mas irá ter mais locais para explorar do que a versão de 2016. O jogo irá ter também um novo modo multiplayer chamado Battle Mode de 2 jogadores, um controlando um demônio e outro o protagonista do jogo. O lançamento do jogo será em 22 de novembro, e terá uma edição de colecionador com um capacete em tamanho real do jogo.


Receba mais sobre "Conferência da Bethesda E3 2019" e outros assuntos interessantes gratuitamente no seu e-mail.
Não se esqueça de confirmar seu cadastro, basta clicar no link que será enviado para seu e-mail.
Ou se preferir você pode receber por RSS ou pelo Twitter.


Compartilhe a notícia: