[Análise] Xenon Racer

01/04/2019 18:53 por Leandro Alves
Categorias               

Xenon Racer é um jogo de corrida futurista, com estilo arcade e carros super-velozes, onde o jogador corre em várias pistas ao redor do mundo. O jogo se passa num futuro próximo, mais precisamente em 2030 quando os campeonatos de automobilismo foram interrompidos para fazer a transição para carros voadores, por isso acabam surgindo corridas amadores de rua em todo o mundo, onde os pilotos utilizam carros híbridos equipados com turbinas de xenônio, daí que vem o Xenon do título.

Análise do Xenon Racer

Visualmente os carros são bem interessantes e elegantes, afinal tem um visual futurista mas mesmo assim são bem realistas e plausíveis. Um dos motivos é que o design dos carros foi feito por Marcelo Raeli, que já trabalhou com marcas como a Subaru, Ferrari e Koenigsegg.

Análise do Xenon Racer

Os gráficos cumprem bem o papel e passam uma grande sensação de velocidade, o que garante uma boa imersão nas corridas, mas achei que ficaram um pouco abaixo do que vimos nos trailers, além disso fiquei meio incomodado com alguns efeitos de iluminação e reflexos que ficaram meio estranhos.

Xenon Racer possui vários modos de corridas, como um campeonato, corridas rápidas, modo online com tabela de líderes, mas um modo que merece destaque é o multiplayer local com tela dividida, afinal é um modo que aparece em poucos jogos do gênero e que costuma ser bem divertido.

Análise do Xenon Racer

Análise do Xenon Racer

As corridas são no estilo arcade, aprender a fazer drifts é essencial para ter um bom resultado, afinal durante o drift as baterias são recarregadas, e com elas é possível utilizar o turbo. É bem divertido entrar nas curvas numa velocidade insana, fazendo drift ao lado de algum adversário.

Seu objetivo quase sempre é chegar entre os primeiros, não estão presentes alguns elementos que são comuns em jogos arcade, como atalhos, armas, takedowns, ou power ups.

Análise do Xenon Racer

Durante a corrida seu carro vai sofrendo danos conforme você bate, toca nas laterais da pista ou até mesmo em outros competidores, existe um medidor no canto inferior esquerdo que mostra a porcentagem do dano, quando ela chega a zero a corrida não termina para você, pois acaba recebendo automaticamente um novo carro, mas é penalizado tendo que aguardar alguns segundos. Apesar dessa mecânica de danos, não existe indicação visual nos carros, apenas faíscas que voam enquanto o carro é danificado.

Confesso que tive um pouco de dificuldade a me adaptar à jogabilidade, afinal você acaba tendo que fazer os drifts para ter um bom desempenho, e tive um pouco de dificuldade de acertar o ponto de começar o drift, principalmente nas corridas mais velozes.

Análise do Xenon Racer

Um ponto bem forte do jogo é a personalização dos carros, conforme o jogador progride no campeonato, novas peças vão sendo destravadas, elas alteram bastante o comportamento do carro e alteram bastante a jogabilidade, e não se limitam a simples upgrades. Também é possível mudar vários elementos estéticos do carro, como cores, grafismos, calotas, cor dos vidros, etc.

O jogo está localizado em Português do Brasil e particularmente gostei bastante do trabalho, apenas a voz do locutor das corridas está em inglês, mas isso não é algo que atrapalhe mesmo que você não domine o idioma.

Xenon Racer é um jogo de corrida que foge do convencional e consegue ter muita personalidade, não tem como negar que tem alguns problemas mas apesar disso consegue ser divertido e interessante. Atualmente está disponível para Nintendo Switch, PC, PlayStation 4 e Xbox One, a versão que avaliei foi a de PlayStation 4 num console Pro, foi utilizado uma cópia digital gentilmente cedida pela SOEDESCO.

Nota: 7,5/10 Bom

Ficha Técnica
Título: Xenon Racer
Plataformas: Nintendo Switch, PC, PlayStation 4 e Xbox One.
Desenvolvedora: 3D Clouds
Distribuidora: SOEDESCO

Pontos positivos:
- Corridas divertidas e bem competitivas
- Possibilidade de multiplayer local com a tela dividida
- Carros futuristas com um visual bem interessante
- Muitas possibilidades de personalização

Pontos negativos:
- Pode ficar repetitivo com o tempo
- Os acidentes se resumem ao carro soltar faíscas, mesmo em batidas violentas
- Efeitos de iluminação e reflexos estranhos


Receba mais sobre "[Análise] Xenon Racer" e outros assuntos interessantes gratuitamente no seu e-mail.
Não se esqueça de confirmar seu cadastro, basta clicar no link que será enviado para seu e-mail.
Ou se preferir você pode receber por RSS ou pelo Twitter.


Compartilhe a notícia: