[Análise] Unruly Heroes

28/03/2019 13:10 por H. Sanchez
Categorias                  

Unruly Heroes é um game de ação/aventura desenvolvido pela Magic Design Studios que foi lançado em 23/01/2019 para as plataformas Nintendo Switch, Playstation 4, Xbox One e PC/Steam, a versão analisada foi a do Nintendo Switch. O jogo possui menu e texto de legendas em português brasileiro.

O game de plataforma foi feito na engine Unity e tem visual em 2D composto pela sobreposição de diversas camadas, o que proporciona uma experiência visual de cair o queixo, simulando um efeito de paralaxe, o jogo é um deleite visual, a arte conceitual de Unruly Heroes também chama a atenção e pode ser desbloqueada a medida que se avança no jogo.

Screenshot de Unruly Heroes

Com visuais belíssimos que lembram muito o aspecto artístico de Rayman Origins (e Rayman Legends), e não é a toa, pois integrantes do estúdio do Rayman saíram da Ubisoft e montaram a Magic Design de Unruly Heroes.

O jogo se baseia na lenda chinesa "Jornada ao Oeste", obra que já serviu de inspiração para inúmeras histórias populares aqui no ocidente, apenas para ilustrar, o conto chinês já ganhou diversas adaptações entre filmes e games - do clássico Cloud Master, popularizado aqui no Brasil no Master System, e também o jogo Enslaved: Odyssey to the West (Ps3, Xbox 360 e PC), e inspirou nada menos que a fase inicial de Dragon Ball.

Screenshot de Unruly Heroes

O jogador assume o controle dos 4 personagens que protagonizam a fábula chinesa: o monge Tang Sanzang, o "Rei Macaco" Sun Wukong, o Porco Zhu Bajie, e o demônio Sha Wujing. A mecânica envolve justamente as habilidades de cada um dos 4 protagonistas, cada um com um gameplay e habilidades especiais diferentes, sendo que a habilidade específica de cada personagem pode ser necessária para a conclusão do nível. O game pode ser jogado sozinho ou em coop local com até 4 pessoas e traz mecânicas já consagradas em jogos de plataformas, como por exemplo ao morrer, o personagem derrotado fica com sua "alma" retida em uma bolha que fica flutuando no cenário por um período, até o jogador conseguir resgatá-lo, caso contrário irá perder o personagem até o próximo checkpoint (mecânica semelhante a que ocorria no clássico de SNES, Yoshi`s Island). Existe também um modo online no qual até 4 jogadores caem na pancada no melhor estilo brawler, lembrando um jogo de luta tipo Smash Bros, porém em mais de 10h de jogatina não achei ninguém para testar esse modo online.

Screenshot de Unruly Heroes

Unruly Heroes foi uma grata surpresa, pois suas diversas fases curtas, seus chefões com uma dificuldade razoável (mas nada excepcional), e a inclusão de elementos que variam o gameplay em cada um dos 4 mundos do jogo formulam uma receita quase perfeita para o gênero plataforma, sendo uma opção extremamente bem vinda para jogatinas casuais no portátil da Nintendo.

Infelizmente, apesar de possuir uma jogabilidade divertida e fácil de dominar, as vezes ela se torna imprecisa, um pouco "frouxa", não sendo raras as ocasiões em que algum dos personagens irá executar um comando no "timing" errado do desejado pelo jogador.

Screenshot de Unruly Heroes

Apesar do Nintendo Switch entregar gráficos visivelmente inferiores em relação às outras plataformas, o portátil da Nintendo consegue entregar uma experiência completa e "quase" tão bela quanto os outros consoles.

Screenshot de Unruly Heroes

As batalhas contra os chefes são muito bem executadas, seja em termos audiovisuais, seja em relação ao gameplay, sempre oferecendo evoluções progressivas de dificuldade em cada batalha. A trilha-sonora e a dublagens são tímidas, porém competentes.

Screenshot de Unruly Heroes

Com elementos de uma interessante e vasta história de fundo, o jogo faz uso de maneira rasa da sua trama, somente arranhando a superfície da fábula chinesa, e apesar de não aprofundar muito na narrativa, alguns elementos do conto aparecem para enriquecer o clima do jogo. Unruly Heroes utiliza bem de alguns elementos folclóricos da trama chinesa e brilha com maestria no gênero plataforma e consegue entregar diversão de uma forma despretensiosa, tornando o game merecedor da atenção de qualquer fã do estilo.

Nota: 8,5/10 Muito bom

Ficha Técnica
Título: Unruly Heroes
Plataformas: Nintendo Switch, PC, PlayStation 4 e Xbox One.
Desenvolvedora: Magic Design Studios
Distribuidora: Magic Design Studios

Pontos positivos:
- Game indie que oferece um bom custo benefício;
- Batalhas divertidas com os bosses;
- Possibilidade do coop local;
- Visual deslumbrante das fases no universo da fábula chinesa "Jornada ao Oeste".

Pontos negativos:
- Controles as vezes imprecisos;
- Baixa resolução/Blur excessivo na plataforma da Nintendo.


Receba mais sobre "[Análise] Unruly Heroes" e outros assuntos interessantes gratuitamente no seu e-mail.
Não se esqueça de confirmar seu cadastro, basta clicar no link que será enviado para seu e-mail.
Ou se preferir você pode receber por RSS ou pelo Twitter.


Compartilhe a notícia: