Mais de 40 jogos já lançados serão otimizados para o PlayStation 4 Pro

04/11/2016 22:29 por Leandro Alves
Categorias   

A Sony divulgou a lista completa de jogos que já foram lançados e que receberão atualizações para aproveitar os recursos do PlayStation 4 Pro, afinal o console será mais poderoso que o modelo atual com isso alguns jogos poderão oferecer resoluções de até 4K, cores HDR e melhor taxa de quadros por segundo.

PlayStation 4 Pro

Confira a lista de jogos que serão atualizados com melhorias:
- Battlefield 1
- Bound
- Call Of Duty: Black Ops 3
- Call of Duty: Infinite Warfare
- Call of Duty: Modern Warfare Remastered
- Deus Ex: Mankind Divided
- Driveclub VR
- EA Sports FIFA 17
- Firewatch
- Helldivers
- Hitman
- Hustle Kings
- inFAMOUS First Light
- inFAMOUS Second Son
- Knack
- Mafia III
- Middle-earth: Shadow of Mordor
- NBA 2K17
- Paragon
- PlayStation VR Worlds
- Ratchet & Clank
- Rez Infinite
- RIGS Mechanized Combat League
- Rise Of The Tomb Raider
- Robinson: The Journey
- Smite
- Super Stardust Ultra
- The Elders Scrolls Online: Tamriel Unlimited
- The Elders Scrolls Online: Skyrim Special Edition
- The Last Of Us Remastered
- The Last Of Us: Left Behind
- The Playroom VR
- Titanfall 2
- Tumble
- Uncharted 4: A Thief's End
- Until Dawn: Rush of Blood
- Viking Squad
- World Of Tanks
- XCOM 2

Além dos jogos citados acima, também teremos mais 45 jogos otimizados até o final do ano incluindo Watch Dogs 2, Killing Floor 2, The Last Guardian, e Final Fantasy XV. Todos os principais jogos lançados a partir de 2017 vão vir otimizados para o Playstation 4 Pro, incluindo Gravity Rush 2, Horizon Zero Dawn, Days Gone, e Gran Turismo Sport.

O PlayStation 4 Pro chega em 10 de novembro por US$ 399, ainda não têm data de lançamento ou preço definido para o mercado brasileiro.


Receba mais sobre "Mais de 40 jogos já lançados serão otimizados para o PlayStation 4 Pro" e outros assuntos interessantes gratuitamente no seu e-mail.
Não se esqueça de confirmar seu cadastro, basta clicar no link que será enviado para seu e-mail.
Ou se preferir você pode receber por RSS ou pelo Twitter.


Compartilhe a notícia: