O que estou jogando - Outubro/2016

20/10/2016 07:25 por Leandro Alves
Categorias            

Chegou a hora de compartilhar com vocês o que estou jogando no mês de outubro, como sempre a ideia é compartilhar minhas impressões sobre os jogos com vocês e fazer um pequeno review, além disso também quero conhecer o que vocês estão jogando, afinal nessa troca de recomendações a gente pode acabar descobrindo alguns jogos interessantes.

Este mês por acaso estou jogando um jogo em cada plataforma, foi meio por acaso mesmo mas é bom que assim não fico com nenhum console parado.

Firewatch (PC) - Fazia algum tempo que estava curioso para jogar Firewatch, primeiramente pelos belos trailer, e também por algumas polêmicas que apareceram logo após o lançamento como ser muito curto ou muito linear.

Definitivamente Firewatch não é um jogo para qualquer um, afinal não têm ação ou qualquer perigo real, o maior obstáculo acaba sendo achar o caminho correto dentro de uma enorme reserva florestal, e para isso você conta com apenas um mapa e uma bússola. Além disso é um jogo solitário, afinal o protagonista passa o tempo todo sozinho, mas mesmo assim têm vários (e ótimos) diálogos com a supervisora dele.

Apesar de tudo o que disse estou gostando muito de Firewatch, é uma forma diferente de contar uma história, de vez em quando gosto de experimentar jogos que fujam do convencional.

Screenshot de Firewatch

Screenshot de Firewatch

Bayonetta (PlayStation 3) - Fazia algum tempo que eu tinha vontade de jogar Bayonetta, inicialmente meus planos eram comprar Bayonetta 2 para o Wii U, afinal na maioria das vezes acompanha o primeiro jogo. Mas infelizmente anda meio difícil achar o jogo à venda e quando acha acaba sendo bem caro, então acabei mudando meus planos quando achei Bayonetta para PlayStation 3 sendo vendido por apenas R$ 18, sei que não é a melhor versão mas acabou sendo minha oportunidade de conhecer o jogo.

Bayonetta é um jogo de ação em terceira pessoa, com combates que lembram muito o Devil May Cry, o que não é de se estranhar afinal ambos foram dirigidos por Hideki Kamiya. Gostei bastante dos inimigos, afinal são sempre surpreendentes, mas achei a dificuldade bem inconsistente.

Um problema da versão para PlayStation 3 é a taxas de frame inconsistente, geralmente não reparo nisso mas em vários momentos incomoda bastante. Outra coisa que não gostei é que quando morre acaba voltando muito, muitas vezes acaba tendo que passar novamente por longas cutscenes.

Screenshot de Bayonetta

Screenshot de Bayonetta

Uncharted: Golden Abyss (PlayStation Vita) - Quando comprei meu PlayStation Vita, ele veio acompanhado de vários jogos e entre eles o Uncharted: Golden Abyss. Na época eu tinha jogado o Uncharted 3 a pouco tempo, por isso deixei para jogar o Golden Abyss depois.

Uncharted: Golden Abyss possui todos os elementos que estamos acostumados na série, muita exploração, tiroteios e de vez em quando algum quebra cabeça. Uma coisa que marca bastante é que o jogo exagera no uso dos recursos do Vita, talvez por ser um dos títulos de lançamento resolveram aproveitar as novidades.

Pode não ser tão bom quanto os outros jogos da série, mas mesmo assim é um ótimo jogo ainda mais se levarmos em conta que saiu a cinco anos atrás. Acho uma pena o Vita não ter feito o sucesso que merecia, seria interessante ver mais jogos exclusivos para ele.

Screenshot de Uncharted: Golden Abyss

Screenshot de Uncharted: Golden Abyss

Agora é com vocês, diga nos comentários o que você está jogando neste mês e quais as suas impressões! Afinal essa seção fica muito mais interessante com a participação de vocês.


Receba mais sobre "O que estou jogando - Outubro/2016" e outros assuntos interessantes gratuitamente no seu e-mail.
Não se esqueça de confirmar seu cadastro, basta clicar no link que será enviado para seu e-mail.
Ou se preferir você pode receber por RSS ou pelo Twitter.


Compartilhe a notícia: