Joguei Wii U pela primeira vez, veja minhas impressões do Nintendo Land e New Super Mario Bros. U

05/11/2012 23:09 por Leandro Alves
Categorias   

Muita gente teve a oportunidade de jogar o Wii U pela primeira vez na BGS 2012, eu estava planejando ir mas infelizmente não deu certo, e por isso já estava me conformando em não conseguir jogar o Wii U antes do lançamento.

Mas na semana passada fui surpreendido com a notícia de que o Wii U estaria no estande da Chevrolet no 27º Salão do Automóvel de São Paulo, o que era muito conveniente pois eu estava planejando ir.

Como não queria perder a oportunidade de jogar o Wii U, decidi que ele seria a primeira atração que eu iria ver. Cheguei meia hora antes de abrir, e tomei o cuidado de localizar o estande da Chevrolet no mapa, assim não teria como errar.

E felizmente tudo aconteceu como planejei, cheguei rapidamente ao estande que por ficar numa posição mais central ainda estava bem vazio, e para a minha surpresa ainda não tinha ninguém jogando o Wii U!





Estava curioso em relação ao Wii U Gamepad, e ele me surpreendeu positivamente, afinal é mais leve e confortável do que eu imaginava. Por outro lado não cheguei a ver muita utilidade na tela do Wii U Gamepad, achei meio dispensável.



O primeiro jogo que joguei foi o Nintendo Land, no minigame Takamaru's Ninja Castle. Seu objetivo é atirar shurikens nos ninjas, para isso você deve virar o Wii U Gamepad de lado e deslizar o dedo na tela para lançar os shurikens.







O jogo em si é divertido, têm um bom visual e os controles funcionam bem. É claro que não têm muita profundidade, mas não podemos esquecer que o jogo é um minigame, e o Nintendo Land têm mais 11 minigames.











Mas não vi nada de especial no uso do Wii U Gamepad, afinal apontar diretamente para tela já era algo que dava para fazer no Wiimote. E deslizar o dedo na tela para lançar o shurikens não acrescenta nada ao jogo, e poderia muito bem ser apenas apertar um botão.





Depois joguei o New Super Mario Bros. U, e não vou mentir que era um dos jogos que eu mais queria jogar no novo console.





Visualmente ele lembra muito o New Super Mario Bros. Wii, só que com gráficos em alta resolução. Que ficaram muito bonitos, e infelizmente é algo que não dá para reparar muito nas imagens que a gente vê do jogo.

Não sei dizer em que modo de jogo estava, mas começava selecionando com qual personagem queria jogar, a seleção era feita tocando a tela do Wii U Gamepad. Logo em seguida era a vez de selecionar a fase da mesma maneira.



Para movimentar o Mario você usa o direcional convencional, tentei usar o analógico e não consegui, e para pular e correr você usa os botões, de maneira bem similar ao New Super Mario Bros. Wii. E quando o Mario pega a roupa de guaxinim você deve chacoalhar o controle para voar.

A tela do Wii U Gamepad mostrava a mesma imagem que aparecia na televisão, e com uma boa qualidade. Dava para jogar com a televisão desligada, igual ao comercial do Wii U. Não sei dizer se é o tempo todo assim ou se era alguma configuração.





De resto o New Super Mario Bros. U segue bem a linha dos jogos do Mario, que sempre é muito bem feito mas com poucas novidades. Não que isso seja algo ruim, afinal ele deve agradar bastante os fãs da série.

Eu gostei bastante do Wii U, tudo bem que joguei pouco mas tive uma primeira impressão bem positiva. Mas acho que os fabricantes vão procurar forçar o uso da tela do Wii U Gamepad, mesmo onde ela não seja necessária.

Não sei dizer se ele será mais poderoso que o Playstation 3 e o Xbox 360, mas pelo o que eu vi ele têm pelo menos a mesma capacidade deles.

O Wii U será lançado nos Estados Unidos em 18 de novembro, nas versões Basic por US$ 299,99 e Premium por US$ 349,99. Depois o Wii U será lançado em 30 de novembro na Europa e 8 de dezembro no Japão, e deve chegar ao Brasil apenas em 2013.
Receba mais sobre "Joguei Wii U pela primeira vez, veja minhas impressões do Nintendo Land e New Super Mario Bros. U" e outros assuntos interessantes gratuitamente no seu e-mail.
Não se esqueça de confirmar seu cadastro, basta clicar no link que será enviado para seu e-mail.
Ou se preferir você pode receber por RSS ou pelo Twitter.


Compartilhe a notícia: