Luigi completa 30 anos, vamos relembrar sua história

15/07/2013 10:54 por Leandro Alves
Categorias         

Luigi acabou de completar 30 anos, desde sua primeira aparição no Mario Bros. que foi lançado no Japão em 14 de julho de 1983. Ele era idêntico ao Mario e só mudava a cor da roupa, e foi criado apenas para ter um modo para dois jogadores.



No começo o Luigi era o irmão gêmeo do Mario, e também por ser uma limitação técnica pois bastava mudar a paleta de cores do Mario sem ter que desenhar um personagem novo, ainda mais que naquela época o espaço nos cartuchos era bem limitado.



Mas foi na versão ocidental do Super Mario Bros. 2 que Luigi recebeu sua aparência atual, mais alto e magro que o Mario, e não apenas um Mario com roupa verde como era no começo.

Infelizmente o Mario Is Missing não é um jogo que trás boas lembranças, afinal apesar dele usar gráficos familiares aos jogos da série ele é um jogo totalmente diferente, além de ser muito chato.



O primeiro jogo onde o Luigi foi o protagonista foi o Mario Is Missing, que era um jogo educativo onde o Luigi tinha que viajar por várias partes do mundo procurando o Mario que foi capturado pelo Bowser. Uma curiosidade é que além do jogo ser lançado para NES e Super Nintendo, ele também saiu para PC.



Foi somente no Luigi's Mansion que Luigi foi protagonista de um jogo realmente bom, e sua missão mais uma vez é salvar o Mario, que dessa vez desapareceu numa mansão assombrada. Este foi um dos primeiros jogos lançados para o Gamecube, e surpreendeu na época pelos ótimos gráficos.



A Nintendo anunciou em janeiro que 2013 seria o ano do Luigi, e desde então ele vêm recebendo mais destaque que o normal. Afinal só este ano ele foi protagonista de Luigi's Mansion: Dark Moon para Nintendo 3DS e New Super Luigi para Wii U, e também foi tema de uma edição especial do Nintendo 3DS.
Receba mais sobre "Luigi completa 30 anos, vamos relembrar sua história" e outros assuntos interessantes gratuitamente no seu e-mail.
Não se esqueça de confirmar seu cadastro, basta clicar no link que será enviado para seu e-mail.
Ou se preferir você pode receber por RSS ou pelo Twitter.


Compartilhe a notícia: